custom-header
Ganhadores do prêmio Argos 2014

Vencedores do prêmio Argos 2014

MELHOR ROMANCE/ HISTÓRIA LONGA

Vencedor:

Filhos do fim do mundo, Fábio M. Barreto, Ed. Fantasy;

Demais finalistas:

  • Filhos do Éden: Anjos da morte, Eduardo Spohr, Ed. Verus;
  • Glória sombria, Roberto de Sousa Causo, Ed. Devir;
  • Homens e monstros: A guerra fria vitoriana, Flávio Medeiros Jr., Ed. Draco;
  • O espadachim de carvão, Affonso Solano, Ed. Casa da Palavra;
  • O homem fragmentado, Tibor Moricz, Ed. Terracota;
  • Reis de todos os mundos possíveis, Octávio Aragão, Ed. Draco.

MELHOR CONTO/HISTÓRIA CURTA

Vencedor:

“Viragem”, Octávio Aragão, Caçadores de bruxas, Ed. Buriti.

Demais finalistas:

  • “A copa dos mitos”, Christopher Kastensmidt, Brasil Fantástico, Ed. Draco;
  • “A sacola da escolha”, Maria Helena Bandeira, Brasil Fantástico, Ed. Draco;
  • “Lenda urbana”, A. Z.Cordenonsi, Somnium, CLFC;
  • “Momento decisivo”, Luiz Felipe Vasques & Daniel Bezerra, Excalibur, Ed. Draco;
  • “Soylent Green is people!”, Carlos Orsi, Solarpunk, Ed. Draco;

Homenagem pelo conjunto da obra

O homenageado pelo conjunto da obra foi o escritor André Vianco (São Paulo, 10 de janeiro de 1975). André é romancista, roteirista e diretor de cinema e de televisão. Especializado em literatura de terror, sobrenatural, de baixa fantasia e vampiresca, alcançou a fama em 1999 com o romance Os Sete, tornando-se um best-seller. De acordo com dados de 2016, seus livros já venderam mais de um milhão de exemplares.