custom-header
Ganhadores do prêmio Argos 2017

Ganhadores do prêmio Argos 2017

MELHOR ROMANCE/ HISTÓRIA LONGA

Vencedor:

O Esplendor, de Alexey Dodsworth, Editora Draco

Demais finalistas

  • A Fonte Âmbar, de Ana Lúcia Merege, Editora Draco
  • O Caminho do Louco, de Alex Mandarino, Editora Avec
  • A Bandeira do Elefante e da Arara, de Christopher Kastensmidt, Editora Devir
  • O Ultimo Refugio, de João Beraldo, Editora Draco

ANTOLOGIAS/COLETÂNEAS

Vencedor:

Medieval : Contos de uma Era Fantástica, organizada por Ana Lucia Merege e Eduardo Kasse, Editora Draco

Demais finalistas

  • Estranha Bahia, organizada por Alec Silva, Ricardo Santos e Rochett Tavares, Editora EX! (auto-publicação)
  • Crônicas da Guerra dos Muitos Mundos – Volume 1, organizada por Rita Maria Felix da Silva, auto-publicação
  • Dinossauros, organizada por Gerson Lodi-Ribeiro, Editora Draco
  • Misterios do Mal: Contos de Horror, de Carlos Orsi, Editora Draco

CONTOS

Vencedor:

O Grande Livro do Fogo, de Ana Lúcia Merege, na antologia/coletânea Medieval : Contos de uma Era Fantástica, Editora Draco

Demais finalistas

  • Amor, Uma Arqueologia, de Fabio Fernandes, na antologia/coletânea Trasgo 11, auto-publicação
  • Auto-Retrato de Uma Natureza Morta, de Octavio Aragão, na antologia/coletânea Crônica da Guerra dos Muitos Mundos – Volume 1, auto-publicação
  • O Domo, o Roubo e a Guia, de Roberta Spindler, na antologia/coletânea Dinossauros, Editora Draco
  • A Novica Escarlate, de Luiz Felipe Vasques, na antologia/coletânea Crônica da Guerra dos Muitos Mundos – Volume 1, auto-publicação

Homenagem pelo conjunto da obra

O homenageado de 2017 foi a primeira homenagem póstuma para o editor Douglas Quintas Reis, fundador da Editora Devir.
Fundada há 30 anos, em São Paulo, a Devir marcou época ao editar quadrinhos e divulgar a cultura do RPG no Brasil dos anos 1990. A empresa também edita e distribui material em Portugal, Espanha e outros países da América Latina.